Bloco E - Boletim do BE de CoimbraSegundo o editorial, o primeiro número do Bloco E surge cerca de um ano depois da eleição dos primeiros representantes do BE nos órgãos autárquicos do município de Coimbra. "Para que os cidadãos e as cidadãs nos conheçam e nos julguem, através das nossas ideias e das posições que defendemos. Para que o debate político seja mais esclarecido, mais transparente, mais aberto e mais participado. Para que Coimbra conquiste, finalmente, uma nova força." Aceda aqui ao pdf

Editorial

Sempre presente na reflexão e intervenção sobre as questões candentes do município, o BE teve, a partir de Outubro de 2005, a oportunidade de levar as suas posições à Assembleia Municipal de Coimbra (onde dispõe de dois mandatos), bem como às Assembleias de Freguesia de Eiras, Santa Clara, Santo António dos Olivais e Sé Nova. Urge agora dá-las a conhecer a um público mais alargado, fazendo uma retrospectiva do que foi a intervenção do BE no ano que passou, e levantando o véu sobre a acção futura, sempre no quadro do programa que apresentámos nas eleições autárquicas.

Com a sua entrada na Assembleia Municipal, o BE marcou definitivamente a agenda, o teor e o tom dos debates, tornando finalmente audível a voz de uma oposição crítica, ousada e descomprometida, num órgão em que as restantes forças políticas prescindem extensamente deste papel, devido à participação que têm no executivo camarário. O BE tornou-se numa forte voz de denúncia que a cidade não pôde deixar de ouvir, revelando irregularidades graves nas acções e decisões da autarquia. Para o BE, a Assembleia Municipal não pode prescindir de uma posição de isenção e rigor enquanto órgão fiscalizador do executivo camarário.

Deve ainda, e sobretudo, tornar-se um verdadeiro parlamento do município, abrindo-se ao debate político sério, crítico, construtivo e ideologicamente amplo. Foi assim que o BE o entendeu, exercendo a crítica com objectividade e coragem, apresentando propostas importantes e ousadas, apesar de minoritário. Porém, quantas vezes assistimos às tentativas de silenciar as propostas e as denúncias do BE?

Também por isso trazemos a público este Boletim. Para que os cidadãos e as cidadãs nos conheçam e nos julguem, através das nossas ideias e das posições que defendemos. Para que o debate político seja mais esclarecido, mais transparente, mais aberto e mais participado. Para que Coimbra conquiste, finalmente, uma nova força.

XI Convenção do Bloco de Esquerda

Propostas do Bloco para a habitação

Autarquias

adere

Vídeos

Tempo de Antena - Março 2018

resolucoes

 

videos bloco

 

tempos antena

Esquerda Europeia