domingo, 02 julho 2006 23:03

Fim-de-semana alterglobal no Porto

jovensporto19 e 20 de Maio na Rua da Torrinha, 151, no Porto.
De que é feito o movimento por uma outra globalização? Quem é a sua gente, quais são as suas lutas? Como têm vindo a articular-se as lutas que pretendem um outro mundo? Qual o papel dos Fóruns Sociais e quais os caminhos da recomposição da esquerda anti-capitalista europeia? São estas questões que pretendemos debater no fim de semana alterglobal.

A globalização capitalista continua a fazer os seus estragos. Crescimento do desemprego, precarização do trabalho, privatização dos serviços públicos, aumento das desigualdades entre os países, repressão dos imigrantes, destruição ecológica, são alguns dos efeitos das políticas neoliberais no mundo. Ao mesmo tempo, o Império vai manchando as mãos de sangue com a sua guerra infinita, alimentada pelo discurso conservador sobre um suposto "choque de civilizações" e sustentada por uma manipulação mediática permanente.

Por outro lado, organizam-se também à escala mundial os movimentos que se opõem ao neoliberlismo, à guerra, ao poder das multinacionais e à ditadura do G8. A mobilização popular tem, nos últimos tempos, alcançado algumas importantes vitórias, por exemplo na rejeição do Tratado Constitucional que impunha uma construção liberal e anti-democrática para a Europa, da Directiva sobre os Portos ou na derrota do CPE (Contrato Primeiro Emprego) em França, que pretendia dar aos patrões toda a liberdade de despedimento dos jovens nos primeiros anos de emprego.

Também na América Latina se contrariam processos de privatização e se ensaiam alternativas ao pensamento único.

Mas afinal, de que é feito este movimento por uma outra globalização? Quem é a sua gente, quais são as suas lutas e os seus instrumentos de activismo, patilha e coordenação? Como têm vindo a articular-se as lutas que pretendem um outro mundo, igualitário, feminista, ecologista, aberto, de paz, justiça social, solidariedade e respeito pelas minorias? Qual o papel dos Fóruns Sociais e quais os caminhos da recomposição da esquerda anti-capitalista europeia?

São estas questões que pretendemos debater no fim de semana alterglobal. Com filmes, conversas, uma exposição de fotografias e cartazes, convívio alternativo, os jovens do Bloco vão criar um espaço aberto a tod@s, para debate, partilha de experiências e festa. A 19 e 20 de Maio, a liberdade vai passar por aqui: Rua da Torrinha, 151, no Porto.

Partilhar


XI Convenção do Bloco de Esquerda

Propostas do Bloco para a habitação

Autarquias

adere

Vídeos

Tempo de Antena - Março 2018

resolucoes

 

videos bloco

 

tempos antena

Esquerda Europeia