quarta, 09 agosto 2006 20:23

SOLIDARIEDADE COM TRABALHADORES DA VIDREIRA DÂMASO

vidreira_2O Bloco da Marinha Grande manifesta solidariedade com todos os trabalhadores e famílias, critica o "Ministério das Finanças que desencadeou o "sistema de penhoras automáticas", poucos dias depois de anunciar grossos subsídios a algumas empresas de Vidro automático" e conclui que "não existe no presente vontade política de fazer deste sector, um sector de sucesso".
Comunicado do Núcleo da Marinha Grande do Bloco de Esquerda 

Há momentos em que as ausências e o silêncio dizem muito!

Esta semana fomos confrontados, com a morte do forno da Dâmaso em Vieira de Leiria.

Uma das últimas "resistentes" unidades de produção manual de cristalaria que restava no nosso concelho.

Em resposta a um requerimento entregue pelo grupo parlamentar do Bloco de Esquerda, o Ministério do Trabalho e Segurança Social respondeu, em Março deste ano, que havia uma disponibilidade total de todos os credores, incluindo a Segurança Social para acordos de regularização da dívida, que a par das encomendas em carteira, garantiam a viabilidade da Dâmaso.

Sendo, já prática comum do governo PS, na sua cruzada neo-liberal, o que "Ontem" era verdade "Hoje", deixa de o ser, reduzindo assim a existência humana a um simples dado estatístico, atirando de uma assentada para o desemprego, cerca de 230 trabalhadores, com os salários e subsídios por receber.

Sofrendo a Dâmaso de uma anterior administração que a descapitalizou, praticando gestão danosa, denunciada vezes sem conta pelos trabalhadores e actual administração, na esperança de uma intervenção do Ministério Público, afim de ser feita justiça. Não foram suficientes para que o autismo do Governo PS, através do seu Ministério das Finanças parasse este escândalo social.

Pois em contradição, é o próprio Ministério das Finanças que desencadeou o "sistema de penhoras automáticas". E poucos dias depois de anunciar grossos subsídios a algumas empresas de Vidro automático para a modernização e melhoramento da competitividade, deixa a Dâmaso ao abandono, os operários á sua própria sorte, sem que seja pedida alguma responsabilidade aos ditos "Senhores Importantes", por mais esta barbárie.

Assim sendo, são mais umas centenas de posto de trabalho directos e indirectos e todos os problemas sociais que irão surgir na freguesia de Vieira de Leiria e nomeadamente no nosso concelho.

Continuamos a afirmar, que não existiu no passado e não existe no presente vontade política de fazer deste sector, um sector de sucesso.

Existe uma clara vontade de fazer MORRER todas as empresas ainda resistentes.

Fechará uma a uma as suas portas!

O Núcleo do Bloco de Esquerda da Marinha Grande manifesta solidariedade com todos os seus trabalhadores e famílias.

A história então repete-se ...

Partilhar


XI Convenção do Bloco de Esquerda

Propostas do Bloco para a habitação

Autarquias

adere

Vídeos

Tempo de Antena - Março 2018

resolucoes

 

videos bloco

 

tempos antena

Esquerda Europeia