terça, 05 setembro 2006 18:33

BLOCO MADEIRA DENUNCIA A SITUAÇÃO SUB-HUMANA DE QUATRO IMIGRANTES

imigrantesaorelento060902O Bloco Madeira denunciou a situação de quatro imigrantes que sobrevivem, ao relento, debaixo de uma palmeira, em condições sub-humanas. O BE Madeira considera lamentável e acusa o Governo Regional de complacência perante estes casos que têm aumentado na região.

Roberto Almada aponta o dedo ao secretário dos Recursos Humanos, que tem a tutela da imigração no Governo Regional, que não se coíbe de propagandear o diálogo social que existe nesta Região e a paz social. Uma paz que é uma paz podre.

O Bloco Madeira entende que não existe na região uma verdadeira política de apoio aos imigrantes. Apesar de já terem apresentado e defendido para que seja criada no âmbito do Governo Regional gabinetes de apoio aos cidadãos imigrantes, as propostas têm sido sempre chumbadas pelo PSD.

Roberto Almada criticou a actual lei de imigração, aprovada no Conselho de Ministros, que não avança no sentido de garantir e salvaguardar os direitos dos cidadãos estrangeiros.

Uma lei que não promove o reagrupamento familiar daqueles que estão a trabalhar e não havendo esse reagrupamento é muito difícil as pessoas trabalharem e darem o melhor de si no trabalho. Para terminar com este tipo de situação de miséria e de exploração, é necessária uma outra política, quer a nível nacional mas também regional.

Partilhar


XI Convenção do Bloco de Esquerda

Propostas do Bloco para a habitação

Autarquias

adere

Vídeos

Tempo de Antena - Março 2018

resolucoes

 

videos bloco

 

tempos antena

Esquerda Europeia