quarta-feira, 13 novembro 2019 11:20

Comunicado sobre a situação na Bolívia

Comunicado do Secretariado do Bloco de Esquerda no dia 10 de novembro de 2019.

É o momento de denunciar o golpe militar na Bolívia onde o Exército impôs a demissão ao presidente Evo Morales e ao vicepresidente Liñera. Essa intervenção eufemisticamente designada como “sugestão” dos militares é uma intervenção golpista, à margem do regime constitucional.

Os protestos anteriores de parte do povo sobre a contagem do sufrágio das eleições presidenciais tinham inclusivamente sido atendidos, prevendo-se uma repetição do ato eleitoral.

Objetivamente, as ameaças do general Kaliman, comandante das Forças Armadas da Bolívia conduziram ao derrube de Evo Morales.

O Bloco de Esquerda manifesta a sua solidariedade com o povo boliviano e com o presidente realmente deposto, condena o golpe e exige o regresso à ordem constitucional e ao quadro democrático.

O Bloco de Esquerda espera que o governo português se distancie das autoridades golpistas, fortalecendo as posições democráticas.

Partilhar


adere

Legislativas: materiais de campanha

Web Catarina 2019

Vídeos

Tempo de antena: A força do teu voto

XI Convenção do Bloco de Esquerda

resolucoes

 

videos bloco

 

tempos antena

Esquerda Europeia

Ler manifesto em inglês ou francês