Eleições

segunda, 06 julho 2009 17:33

Bloco apresenta candidata à CM Machico

Gisela Freitas, técnica administrativa de 27 anos, é a cabeça de lista do Bloco de Esquerda à Câmara do Machico, na Região Autónoma da Madeira. Na sua apresentação, a candidata denunciou que o desemprego e a pobreza no seu concelho são dos mais elevados da região. Leia a notícia na página do Bloco Bloco/Madeira.
segunda, 06 julho 2009 17:31

Comícios de Verão

Local

Data

Hora

Sítio

Viana do Castelo

11-07-2009

21h30

Praça da República

Barcelos

14-07-2009

21h30

Largo da Porta Nova

Matosinhos

17-07-2009

19h30

Restaurante Aliança

Amarante

17-07-2009

21h30

Beira rio

Vila Real

18-07-2009

21h30

Av. Carvalho Araújo, Frente à CM

Foz do Arelho

19-07-2009

21h30

Av do Mar, Junto aos bares

Guimarães

20-07-2009

 21h30  

Ponte de Lima

21-07-2009

21h30

Largo Camões

 Sesimbra

24-07-2009

21h30

Largo do Café Central

Porto Covo

25-07-2009

21h30

Praça Marquês de Pombal

Odeceixe

26-07-2009

21h30

Largo 1º de Maio 

Alvor

27-07-2009

21h30

 

Vieira Leiria

28-07-2009

21h30

Av. Marginal com Av. Pescadores

Ericeira

29-07-2009

21h30

 

 Vila Praia de Ancora

30-07-2009

21h30

Praça da República

Famalicão

31-07-2009

21h30

Junto ao edificio Fundação
Cupertino de Miranda Zona Sul 

Furadouro

01-08-2009

21h30

Rua dos Bombeiros Voluntários do Porto
(Av. Central do Furadouro)

Figueira da Foz

02-08-2009

21h30

Varanda da Dr. Francisco António Dinis
com a Av. 25 de Abril

Armação de Pera

05-08-2009

21h30

Fortaleza 

Carvoeiro

18-08-2009

21h30

 

Portimão

19-08-2009

21h30

  Largo Manuel Teixeira Gomes
(frente à casa inglesa) 

Manta Rota

20-08-2009

21h30

Praçeta da Manta Rota
(frente ao antigo casino, junto à praia)

Albufeira

21-08-2009

21h30

Largo Engº Duarte Pacheco

Quarteira

22-08-2009

21h30

Av.Infante de Sagres
(Calçadão)

Milfontes

24-08-2009

21h30

  Barbacan (castelo)

Monte Gordo

25-08-2009

21h30

Calçadão
(entre o Casino e o Hotel Vasco da Gama)

Tavira

26-08-2009

21h30

 
       
domingo, 05 julho 2009 18:47

Programa para um Governo que responda à urgência da crise social


I. QUATRO ANOS E MEIO DE CONTINUAÇÃO DA DEVASTAÇÃO LIBERAL

Durante quatro anos e meio, o Governo Sócrates dispôs de maioria absoluta: teve todo o poder e usou todo o poder. Os resultados foram mais privatizações, a degradação de serviços públicos, a acentuação das injustiças.

Nestes anos em que uma crise nova agravou a crise antiga, Portugal atinge um máximo histórico de desemprego  e de exclusão, num país de pobreza em que a desigualdade é a maior da Europa.

A maioria absoluta reforçou a protecção dos interesses económicos e o rentismo das classes dominantes, habituadas ao privilégio do apoio carinhoso do Estado, à promoção de vantagens para as fortunas, à captação de dinheiros públicos, ao silêncio a respeito das falcatruas. Os escândalos do BCP, do BPN e do BPP revelaram a face escondida desta economia: mais de 4 mil milhões de euros espatifados nos casinos bolsistas, em comissões corruptas em offshores, em contas secretas e mesmo num banco clandestino, em lucros embolsados e numa vertigem de aproveitamento próprio. A regulação liberal conduzida pelo Banco de Portugal e pelos sucessivos governos fechou os olhos e essa é a sua natureza.

Portugal viveu, nestes anos da maioria absoluta do Governo Sócrates, um forte choque social. Esse choque atingiu em primeiro lugar os trabalhadores e as trabalhadoras. Foi alterado o regime da segurança social, com o objectivo de reduzir progressivamente o sistema público de protecção social a uma assistência caritativa, diminuindo o valor das pensões futuras e aumentando a idade da reforma.

Foram impostos o Pacote Laboral e novas regras para os contratos individuais na Função Pública, promovendo a precarização da vida e do trabalho e a prepotência patronal. O resultado é mais de meio milhão de desempregadas e desempregados em 2009, sem contar com aqueles ignorados ou escondidos pela estatística, com um predomínio para o desemprego de longa duração, que se estende entretanto a dezenas de milhares de jovens licenciados. O capitalismo é tóxico: a recessão demonstrou o colapso económico e social de um regime assente em salários baixos, subsídios às impresas, plenos poderes do capital financeiro e corrupção generalizada.

Este choque social provocou uma catástrofe e facilitou o afundamento da economia, mergulhada na mais grave recessão dos últimos 35 anos. O modelo de desenvolvimento liberal tornou-se um pântano. Combater esse pântano é o objectivo do Bloco de Esquerda. O programa de governo que é aqui apresentado demonstra a viabilidade de uma política de esquerda, de um combate pela justiça social e de uma resposta socialista à crise.

Portugal europeu do século XXI, país atrasado e injusto, precisa de um novo ciclo de respostas sociais e este só pode ser criado com a força transformadora de uma política socialista de esquerda. Esse é o objectivo e a razão de ser do Bloco de Esquerda.  
quarta, 01 julho 2009 15:21

Miguel Guedes é mandatário da candidatura a Gaia

O mandatário da campanha autárquica de Gaia, Miguel Guedes, afirmou, durante a sua apresentação pública: «A visão de Luís Filipe Menezes sobre Gaia parece ser a de uma cidade que merece ser visitada. Esquece-se que, prioritariamente, Gaia deve ser uma cidade para ser vivida todos os dias por quem a habita». Leia a notícia na página do Bloco/Gaia .
segunda, 29 junho 2009 18:13

Fernando Queiroz e Ferreira dos Santos candidatos em Matosinhos

O Bloco anunciou a candidatura à Câmara e Assembleia Municipal de Matosinhos, apresentando Fernando Queiroz e Ferreira dos Santos, respectivamente. Justiça na Economia e uma Política Social de Habitação mais inclusiva são duas linhas de força da candidatura. Leia a notícia na página do Bloco/Matosinhos.
segunda, 29 junho 2009 13:15

17 de Agosto é o prazo limite para entregar listas

A marcação das eleições legislativas para 27 de Setembro e das autárquicas para 11 de Outubro permite desde já fixar o prazo limite da entrega das listas, que é o mesma para as duas eleições: a 17 de Agosto, todas as listas devem estar entregues. Vê aqui o que diz a lei eleitoral.
Pág. 33 de 47

XI Convenção do Bloco de Esquerda

Propostas do Bloco para a habitação

Autarquias

adere

Vídeos

Tempo de Antena - Março 2018

resolucoes

 

videos bloco

 

tempos antena

Esquerda Europeia