×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 71
terça, 26 maio 2009 13:16

Se o jovem de 16 anos pode trabalhar, também deve poder votar

Tresentos alunos ouviram Miguel Portas em Salvaterra. Foto de Paulete MatosNo final de um debate com os alunos e professores da Escola Profissional de Salvaterra de Magos, Miguel Portas, questionado pelos jornalistas, defendeu o direito de voto aos 16 anos.


O cabeça-de-lista do Bloco de Esquerda argumentou que aos 16 anos os jovens já podem trabalhar e portanto pagar impostos, e também já são imputáveis criminalmente.

"Portanto, têm todas as responsabilidades dos adultos, mas falta-lhes o direito de voto", disse, lembrando que o voto é facultativo, e portanto seria natural que votassem apenas os jovens que já se sentissem esclarecidos.

Aos que dizem que um jovem aos 16 anos é ainda muito novo, Miguel Portas argumenta: “Ainda é muito novo e pode não saber. E os adultos, sabem? Sabem mais porque são adultos? Eu conheço alguns que, sinceramente, teria as minhas dúvidas”, disse, recordando a sua própria experiência ao entrar no PCP aos 15 anos.

 

 

Partilhar


XI Convenção do Bloco de Esquerda

Propostas do Bloco para a habitação

Autarquias

adere

Vídeos

Tempo de Antena - Março 2018

resolucoes

 

videos bloco

 

tempos antena

Esquerda Europeia