×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 72
domingo, 21 junho 2009 16:01

Uma “Esquerda grande” nasce em Alcanena

O restaurante Num concelho onde o Bloco de Esquerda não dispunha de organização militante, mais de 70 pessoas participaram num jantar com Francisco Louçã, mostrando-se disponíveis para construir uma "esquerda grande" em Alcanena. Nesta localidade do distrito de Santarém ficou a garantia de que serão apresentadas listas para as eleições autárquicas de Outubro, juntando muitos independentes.

De forma um pouco inesperada, o restaurante "O Miranda", em Casais Romeiros - Alcanena, encheu-se de pessoas que vieram participar na primeiro encontro do Bloco, com a presença de Francisco Louçã. Trata-se de um concelho onde a organização do Bloco era "quase zero", mas em que surge agora, depois das eleições europeias, uma energia renovada para construir, com muitos independentes, uma esquerda nova.

Carlos Matias, vereador do Bloco de Esquerda no Entroncamento, garantiu que "a esquerda constrói-se em Alcanena" e que "nas próximas eleições e pela primeira vez vamos concorrer à Câmara, à assembleia municipal e às freguesias". Isto depois de ter feito um retrato do concelho, onde o desemprego cresceu 50% em 4 meses, atingindo quase quinhentas pessoas. Outra das primeiras preocupações do Bloco em Alcanena será também o ambiente, exigindo a despoluição do rio Alviela.

Francisco Louçã afirmou que "uma lista do Bloco em Alcanena vai ser uma pedrada no charco que vai incomodar muitos interesses instalados e entusiasmar muitas pessoas". Para o coordenador do Bloco de Esquerda, esta lista que se desenha, aberta a independentes, é um "acto de coragem contra o abuso e pela solidariedade". E caracterizou o Bloco de Esquerda como o "Partido do Respeito", de todos e todas os que se indignam com a disparidade entre "o benefício da fortuna e a desgraça da pobreza".

Partilhar


XI Convenção do Bloco de Esquerda

Propostas do Bloco para a habitação

Autarquias

adere

Vídeos

Tempo de Antena - Março 2018

resolucoes

 

videos bloco

 

tempos antena

Esquerda Europeia